23°
Máx
12°
Min

Suspeito de envolvimento na morte de PM em briga de bar é preso

Na casa do suspeito, foram encontradas duas armas e uma delas teria sido usada no crime (Foto: Divulgação / Polícia Civil) - Polícia Civil prende suspeito de envolvimento na morte de PM
Na casa do suspeito, foram encontradas duas armas e uma delas teria sido usada no crime (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Um homem de 32 anos suspeito de envolvimento na morte do policial militar Elizeu de Almeida Raymundo, 26 anos, ocorrida no início de junho deste ano, foi preso no município de Sengés, a 180 quilômetros de Ponta Grossa. O PM estava de folga e foi baleado durante uma briga em um bar no distrito de Ouro Verde, na mesma cidade onde o suspeito foi preso.

Após um tiro dado para cima em um bar, na tentativa de acalmar uma briga entre o irmão do policial, de 27 anos e um homem de 26 anos, o tiro acabou pegando de raspão na cabeça do irmão do policial. Um dos envolvidos se apresentou no dia seguinte à morte de Raymundo e continua preso.

O suspeito preso na última semana e que não teve a identidade revelada assumiu que efetuou seis disparos contra o policial. De acordo com a polícia, ainda há um terceiro suspeito que continua foragido.

O Ministério Público já ofereceu denúncia contra os três pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio contra a vida do irmão do policial militar e porte de arma. Se condenados, somando as penas, podem pegar até 60 anos de prisão.

As duas armas apreendidas com o suspeito foram encaminhadas para o Setor de Criminalística de Curitiba para ser realizado o confronto balístico, já que um projétil foi encontrado no corpo do policial. Existe a suspeita de que uma das armas foi usada no crime.

O delegado responsável pelo caso, Renan Barbosa Lopes Ferreira, afirma que as investigações continuam para encontrar o homem foragido. “Ele é o principal suspeito pelas facadas que atingiram Raymundo; só conseguiremos elucidar completamente o caso quando cruzarmos os depoimentos de todos os suspeitos”, afirma Ferreira.

 Colaboração Assessoria de Imprensa.