28°
Máx
17°
Min

Suspeito de homicídios é preso com 2 mil pedras de crack e armas em Sarandi

Suspeito de homicídios é preso com 2 mil pedras de crack e armas

A Polícia Civil de Sarandi cumpriu três mandados de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (30) e prendeu um rapaz de 22 anos, acusado de tráfico de drogas e suspeito de envolvimento em dois homicídios. Gabriel Alberto Botelho seria o gerente de uma ‘biqueira’ no limite entre os bairros Independência e São José.

Em duas das casas vistoriadas, os policiais civis não encontraram problemas, enquanto na residência de Botelho estavam um revólver calibre 38, uma pistola, cerca de 2 mil pedras de crack, uma porção de cocaína, dinheiro e um colete à prova de balas.

Todo o material foi apreendido juntamente com um carro usado para fazer a distribuição dos entorpecentes. O ponto de tráfico fazia a comercialização de crack e cocaína. Cada pedra de crack das apreendidas, por exemplo, era vendida a R$ 10.

Gabriel Alberto Botelho, que já tem passagens por tráfico, confirmou a venda dos entorpecentes, com movimentação de até R$ 20 mil por mês, mas negou envolvimento nos homicídios de um homem e uma mulher, ocorridos em outubro deste ano em Sarandi.

Outro rapaz já preso pelos crimes aponta Botelho como envolvido, motivado por rixas do tráfico.

Colaboração Rogério Morais da Rede Massa