26°
Máx
19°
Min

Suspeito de matar a facadas é preso pela Polícia Civil

Foto: Polícia Civil - Suspeito de matar a facadas é preso pela Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Na manhã desta terça-feira (31), policiais civis cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pela 3º Vara Criminal de Foz do Iguaçu, em desfavor de Ederson Correa, 24 anos de idade, suspeito de ter sido o autor dos golpes de faca que mataram João Francisco de Souza, 57 anos de idade, encontrado morto no dia 28.

De acordo com o relato de Correa, na noite do dia 25, ele e a vítima ingeriam bebidas alcoólicas, e após uma pequena discussão a vítima afirmou que iria matá-lo, e sem evidenciar os motivos, João Francisco pegou uma faca e golpeou contra o autor.

Após o primeiro golpe, que acertou a mão de Correa, o mesmo conseguiu apoderar-se da arma branca e desferiu as facadas na vítima, vindo a evadir-se do local posteriormente.

Após a identificação do homicida, Ederson Correa, 24 anos de idade, o mesmo foi encaminhado a ao plantão da 6ª Subdivisão Policial, onde foi ouvido e liberado, pois não havia estado de flagrância.

Naquele momento, Ederson se comprometeu a colaborar com as investigações, inclusive foi intimado para comparecer a Delegacia de Homicídios para prestar maiores detalhes.

No entanto, na manhã desta segunda-feira (30), investigadores da Delegacia de Homicídios localizaram Correa no Terminal de Transporte Urbano, na tentativa de fugir da cidade, momento em que foi encaminhado à Delegacia de Homicídios.

Ainda, na segunda-feira (30), o Delegado da especializada Dr. Carlos Eduardo Pezzette Loro, indiciou o suspeito pela prática do crime de homicídio e realizou novo interrogatório. Na sequência o indiciado foi liberado, eis que não havia mandado de prisão.

Contudo, no mesmo dia, às 16 horas, foi protocolada a representação pela prisão preventiva, sendo que às 18h30min o mandado de prisão foi expedido pelo Excelentíssimo Juiz de Direito da 3ª Vara Criminal de Foz do Iguaçu, Dr. Gustavo Germano Francisco Arguello.

Com a ordem judicial em mãos, os policiais civis lograram êxito em prender o indiciado na manhã de hoje, dia 31, na ocasião que tentava realizar um boletim de ocorrência de extravio de seus documentos com a finalidade de conseguir embarcar na rodoviária sem a devida apresentação de sua cédula de identidade.

O Delegado salienta ainda, que as investigações prosseguirão, no intuito de identificar o possível envolvimento de outras pessoas no crime.

Colaboração: Assessoria de imprensa