26°
Máx
19°
Min

Suspeitos em fuga batem em moto e deixam irmãos em estado grave

Suspeitos em fuga batem em moto e deixam irmãos em estado grave

Mais uma vez, a história se repete. Esta semana foi marcada pela morte da jovem que atravessava a rua na faixa de pedestres no centro e foi atropelada por acusados de um crime em fuga. Nesta manhã (16), dois irmãos, de 42 e 35 anos, que seguiam para o trabalho de moto, ficaram gravemente feridos após serem atingidos por um veículo Peugeot, em que seguiam dois rapazes que fugiam de um acompanhamento tático da polícia.

A situação toda foi registrada na Rua Coronel Pretextato Pena Forte Taborda Ribas, no Bairro Santa Quitéria. As informações da Assessoria da Polícia Militar, são de que “os dois rapazes que seguiam no veículo Peugeot, com idades de 20 e 22 anos, teriam tentado praticar um roubo em uma academia nas proximidades. Testemunhas anotaram a placa e repassam a polícia, que iniciou buscas na região”. A polícia ainda afirmou, que “uma equipe da Rone, avistou o carro suspeito, e iniciou o acompanhamento tático, sendo que o carro acabou se distanciando da viatura”.

Ainda segundo a polícia, neste momento, o carro bateu na moto derrubando os irmãos e na sequência batendo em uma árvore. “O Siate foi acionado e prestou atendimento aos quatro feridos”.

Os dois irmãos da moto, sofreram ferimentos gravíssimos. O homem de 42 anos foi encaminhado ao Hospital Cajuru com traumatismo craniano. Já o de 35 anos, devido à gravidade, uma vez que ele teria sofrido amputação de uma das penas, precisou ser socorrido pelo Helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, que pousou em um campo nas proximidades. Ele foi levado ao Hospital São José, em São José dos Pinhais.

Os dois suspeitos, foram encaminhados com ferimentos moderados ao Hospital do Trabalhador, onde permanecem com escolta policial.

A assessoria revelou ainda, que no interior do Peugeot, os policiais encontraram um revólver de calibre 38.

Moradores da região, que presenciaram o acidente, contaram que “o carro fugia da polícia, avançou a preferencial e atingiu os motociclistas em cheio”.

Colaboração Paula Caroline Schreiber e Daniela Borsuk