22°
Máx
17°
Min

Taxistas pedem apoio da Polícia Militar

(Foto: Divulgação) - Taxistas pedem apoio da Polícia Militar
(Foto: Divulgação)

Taxistas integrantes da União dos Taxistas de Curitiba, se reúnem nesta tarde (23), com o comando da Polícia Militar, para solicitar ‘apoio’ a atividade. De acordo com o presidente da UTC, Fabio Taborda, o que os taxistas estão pedindo, nada mais é do que o cumprimento da lei. “Nós queremos a lei federal que determina que o transporte remunerado de passageiros é exclusividade de taxistas, seja respeitada”, afirma. “Somado a isso, tem o código de trânsito brasileiro e a lei municipal que foi aprovada recentemente”, acrescenta.

Conforme Taborda, os taxistas querem, com o apoio da polícia, evitar que episódios de violência de repitam. “Nós temos sete boletins de ocorrências, que vamos repassar à PM, de situações em que taxistas foram ameaçados por motoristas do Uber armados”, diz. “Nós estamos tentando evitar um problema maior, mas está cada dia mais difícil conseguir segurar os taxistas, porque nós temos que pagar impostos e responder por multas e irregularidades na Urbs, e eles (Uber), não”.

O presidente da UTC também destacou que uma planilha com 485 placas de veículos que, segundo ele, “são carros do Uber em atuação na cidade”, será repassada à polícia.