22°
Máx
17°
Min

Taxistas vão ao Ministério Público do Trabalho contra Uber

(Foto: Divulgação SMCS) - Taxistas vão ao Ministério Público do Trabalho contra Uber
(Foto: Divulgação SMCS)

Representantes da União dos Taxistas de Curitiba (UTC) estiveram hoje (29) no Ministério Público do Trabalho (MPT) para denunciar ao órgão a relação de trabalho que eles afirmam ser irregular entre a Uber se os motoristas parceiros. Eles programam um ato em Curitiba nos próximos dias.

“Chegamos em todas as esferas que poderíamos chegar contra a Uber, só faltava o Ministério Público do Trabalho”, comentou o presidente da UTC, Fábio Taborda, que faz parte de uma mobilização nacional contra o serviço.

O argumento levado ao MPT é de que existe sim uma relação trabalhista entre a Uber e os motoristas parceiros e que ela é irregular. “Há relação de emprego, existem anúncios de contratação, então o motorista é um empregado”, diz Taborda.

O presidente da UTC afirmou que vai organizar junto com o MPT um evento sobre o assunto em Curitiba. Ele ainda não divulgou detalhes sobre a ação.