22°
Máx
17°
Min

TCE aplica sete multas a prefeito de Paranavaí por falhas na gestão de remédios

Autuações somam quase R$ 20 mil (Foto: Pixabay) - TCE aplica sete multas a prefeito por falhas na gestão de remédios
Autuações somam quase R$ 20 mil (Foto: Pixabay)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) aplicou sete multas ao prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti (gestões 2009-2012 e 201-2016), que somam R$ 19.752,60. Uma auditoria realizada em 2012 apontou problemas na gestão de medicamentos do município, com a recomendação de 14 medidas.

Em 2015, sete dos problemas persistiam, por isso, as autuações ao gestor. Entre as recomendações feitas pelo TCE estão a regularização da aquisição, armazenamento e distribuição de remédios às unidades de saúde e o monitoramento do Plano de Ação elaborado pelo município em parceria com o tribunal.

O TCE apontou que o município não conseguiu cumprir a melhoria no armazenamento de medicamentos, treinamento de profissionais, criação de um plano de destinação adequada do lixo gerado nos serviços de saúde, controle do estoque e o transporte dos remédios segundo critérios do Ministério da Saúde.

Durante a tramitação do processo, a Prefeitura de Paranavaí comunicou a intenção de reformar a Farmácia Central, mas disse que não possuía dinheiro e mão de obra. O município também não apresentou ao TCE ações para sanar os problemas, com a decisão pelas multas, as quais ainda cabem recursos.

Parceria com as universidades

A auditoria na gestão de medicamentos foi feita por uma equipe de professores e alunos da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), por meio de um convênio firmado entre o TCE e sete instituições de ensino superior do estado.

Colaboração TCE-PR