22°
Máx
14°
Min

TCE aponta problemas nas finanças de Alto Paraná e multa prefeito

(Foto: Divulgação) - TCE aponta problemas nas finanças de Alto Paraná e multa prefeito
(Foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) identificou problemas nas finanças de Alto Paraná , que tiveram déficit em 2013, e também na contratação de uma empresa terceirizada de contabilidade. Por isso, o órgão emitiu parecer prévio apontando as irregularidades e multou o prefeito Claudio Golemba (PSDB, gestões 2009-2012 e 2013-2016) em R$ 2.901,96.

O chefe do Executivo argumentou que as contas de 2013 do município tinham saldo positivo. Porém, no banco havia um déficit de R$ 151.040,87 e mais R$ 13.819,94 no Fundo de Participações dos Municípios, somando R$ 164.860,81 negativos.

A Diretoria de Contas do TCE verificou os dados apresentados pelo município no Sistema de Informações e descobriu a existência de lançamentos ainda pendentes, sem justificativas capazes de sanar o saldo negativo.

Em uma segunda situação, o tribunal entendeu que o município não poderia ter contratado a empresa de contabilidade Alahir de Oliveira, com empenho de R$ 74.180,71 em 2013, já que a lei exige concurso público para assessoria contábil e a prefeitura já contava com um contador efetivo.

O Tribunal de Contas ressaltou que Alto Paraná não tem alto grau de complexidade nas finanças, o que poderia exigir ajuda terceirizada. Ainda cabe recurso por parte do prefeito.

Colaboração TCE-PR