28°
Máx
17°
Min

TCE julga irregulares contas da Codusa, de Campo Mourão, e multa três ex-presidentes

Problemas foram apontados nas contas de 2011 (Foto: Irineu Ricardo/Divulgação) - TCE julga irregulares contas da Codusa e multa três ex-presidentes
Problemas foram apontados nas contas de 2011 (Foto: Irineu Ricardo/Divulgação)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) julgou irregulares as finanças de 2011 da Companhia de Desenvolvimento Urbano e Saneamento (Codusa) de Campo Mourão e multou três ex-presidentes. Diversos problemas foram identificados, como a dispensa de licitação para contratação das empresas Versátil Engenharia Ltda. e Organização Contábil Globo.

Além da execução de despesas sem prévia licitação ou com dispensa e inexigibilidade consideradas impróprias, o TCE apontou inconsistências no balanço patrimonial e no valor de depreciação de bens. Os responsáveis pela Codusa alegaram que os problemas foram sanados em 2014, mas não apresentaram comprovação.

A Coordenadoria de Fiscalização Municipal ainda destacou que foi registrado um atraso de 22 dias na entrega de dados do sexto bimestre. O Tribunal de Contas entendeu pela irregularidade das finanças e pela punição dos responsáveis.

Os ex-presidentes Fabiano Viudes e José Carlos Teodoro de Oliveira receberam duas multas de R$ 1.450,98, totalizando R$ 2.901,96 para cada. Já Wilson de Pádua Santana foi autuado três vezes em R$ 1.450,98 e uma de R$ 725,48, o que somou R$ 5.078.42.

Ainda cabe recurso contra a decisão.

Colaboração TCE-PR