22°
Máx
16°
Min

TCE reprova contas do Consórcio de Saúde do Vale do Ivaí, que tem sede em Apucarana

Cisvir engloba 17 municípios do Vale do Ivaí (Foto: Divulgação) - TCE reprova contas do Consórcio de Saúde do Vale do Ivaí
Cisvir engloba 17 municípios do Vale do Ivaí (Foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) reprovou as finanças de 2006 do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir), que tem sede em Apucarana. O presidente à época, José Decinio Cataneo, falecido do ano passado, recebeu cinco multas que somam R$ 7.254,90.

A ex-presidente do Cisvir Cristiane Bento Zulian ainda foi autuada, mas em R$ 145,10, pelo não encaminhamento de documentação solicitada, falta de justificativa por não haver apresentado as informações e também ausência de dados quanto à providência adotada diante da não localização da documentação. O atual responsável pelo Cisvir, Carlos Alberto Gebrim Preto, também recebeu multa de R$ 145,10, pelos mesmos motivos. 

O TCE identificou diversos problemas nas contas do consórcio, que engloba os municípios de Apucarana, Arapongas, Bom Sucesso, Borrazópolis, Califórnia, Cambira, Faxinal, Grandes Rios, Jandaia do Sul, Kaloré, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Novo Itacolomi, Rio Bom, Sabáudia e São Pedro do Ivaí.

O Tribunal de Contas revelou acréscimo no saldo contábil, ausência da certidão de habilitação profissional do contabilista responsável, falta de extratos bancários e dos documentos emitidos pelos bancos em que existem contas correntes do consórcio.

O relator do processo, auditor Claudio Canha, determinou aos municípios a instauração de tomada de contas especial. O objetivo é verificar se houve dano aos cofres públicos. Também recomendou que seja oficiado o Conselho Regional de Contabilidade quanto à irregularidade da situação, perante o órgão, do contabilista Fernando de Andrade Cavalcante.

Ainda cabe recurso.

Colaboração TCE-PR