21°
Máx
17°
Min

Telêmaco Borba trabalha no controle da população de animais de rua

Prefeitura, UEL e Amahteb trabalham na castração de cães e gatos em Telêmaco Borba (Foto: Divulgação / Prefeitura) - Parcerias buscam controlar população de animais de rua
Prefeitura, UEL e Amahteb trabalham na castração de cães e gatos em Telêmaco Borba (Foto: Divulgação / Prefeitura)

Preocupada com a superpopulação de cães e gatos de rua, a Prefeitura de Telêmaco Borba firmou parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e com a ONG Amigos do Melhor Amigo do Homem de Telêmaco Borba (Amahteb) para combater o problema. Desde agosto do ano passado, quando foram implantadas atividades no Canil Municipal, foram realizadas quase 360 cirurgias de castração de cães e gatos machos e fêmeas.

O trabalho para controlar o número de animais de rua é realizado há alguns anos, com palestras educativas e mutirões de castrações, realizados em parceria com a UEL. Em janeiro, as atividades foram voltadas às famílias que ocuparão o Residencial Atlântico. O objetivo foi esterilizar os animais para que as famílias se mudem com os bichinhos já castrados. Neste mutirão, foram realizadas 43 cirurgias.

O serviço também conta com a parceria da Amahteb, ONG responsável pelo cadastro dos animais que têm condições de passarem pelo procedimento cirúrgico, e que faz o encaminhamento para a cirurgia. O contato com a entidade pode ser feito pelo site da ONG ou diretamente com os voluntários.

“Somente as castrações, como medida isolada, não acabarão com o problema. Precisamos da conscientização das pessoas para que não abandonem ninhadas e animais adultos em vias públicas e mantenham seus animais sempre nos limites de sua residência, para evitar que procriem de maneira indesejada”, afirma a médica veterinária da Prefeitura, Ana Cláudia Natel.

Colaboração da Assessoria de Imprensa.