26°
Máx
19°
Min

Testes com novos radares começam nesta terça em Londrina

(foto: Marco Feltrin/Rede Massa) - Testes com novos radares começam nesta terça
(foto: Marco Feltrin/Rede Massa)

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) inicia nesta terça-feira (17) os testes dos novos equipamentos de radar e videovigia que estão sendo instalados na cidade.

A rodovia Carlos João Strass será interditada das 9h às 11h e das 14h às 16h para que o Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) faça a aferição dos equipamentos. “Faremos um desvio direcionando os veículos para o acostamento durante esse período. Os agentes municipais estarão nas vias durante toda a atividade do IPEM para orientar os motoristas da melhor maneira possível”, explica Jonas Rico, gerente de fiscalização de trânsito da CMTU.  
 O trecho fica próximo ao retorno para a rua Lupércio Pozatto, no cruzamento com a avenida Mário Roberto Gnecco, antes do cruzamento com a rua Notibó e na altura do número 780, do lado oposto.

Segundo Hemerson Pacheco, diretor de trânsito da CMTU, o procedimento faz parte do processo de validação dos equipamentos, cujas definições técnicas são aprovadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO). “O mesmo acontece com os nossos demais equipamentos móveis e essa aferição é necessária para conferir se a velocidade indicada é a mesma fornecida pelo aparelho medidor, conferindo qualidade e transparência no serviço prestado”, explica.

O IPEM deverá avaliar ainda nesta semana outras vias que estão recebendo a instalação dos equipamentos, como as avenidas Duque de Caxias, Dez de Dezembro, Santos Dumont e Winston Churchill. A previsão da CMTU é que os radares e videovigias estejam em funcionamento em 18 pontos da cidade até o final deste mês. “O nosso foco não é a aplicação da penalidade, mas sim, o controle da velocidade, a conscientização dos motoristas sobre o respeito à sinalização para a preservação da vida. Também com essa finalidade, temos atuado em campanhas educativas para diversos púbicos e entendemos a contratação desse serviço, de controle da velocidade – que hoje está entre as principais causas de acidentes com óbitos -, como primordial para combater os abusos”, ressalta Pacheco.

A Companhia fará a sinalização horizontal e vertical chamando a atenção dos condutores sobre a presença dos equipamentos de fiscalização nas vias em que estão sendo instalados.

Licitação

A empresa TECDET Tecnologia em Detecções Comércio e Importação e Exportação Ltda., de Bragança Paulista, São Paulo, foi a vencedora do processo licitatório realizado pela CMTU, concluindo o certame pelo menor preço, de R$ 71 mil por mês. Para o diretor administrativo da Companhia, Marcio Tokoshima, o resultado foi positivo, uma vez que o custo com este serviço estava calculado em R$ 188 mil mensais. “Avaliamos como satisfatória a contratação, considerando as tecnologias empregadas com uma economia de mais de R$ 100.000,00 por mês em relação ao valor previsto”, diz.

De acordo com a CMTU, as vias que estão recebendo os equipamentos foram elencadas, em especial, pela característica de excesso de velocidade e com risco de acidentes graves. 

Confira os pontos:

  • Av. Tiradentes com Av. Arthur Thomas
  • Av. Tiradentes com Rua Bauru
  • Av. Winston Churchill, 505
  • Av. Winston Churchill, confluência com Av. Rio Branco
  • Av. Duque de Caxias, 5101
  • Av. Juscelino Kubitscheck com rua Alagoas
  • Av. Juscelino Kubitscheck com rua Uruguai
  • Av Santos Dumont, 780 (oposto)
  • Av. Santos Dumont com rua Augusto Severo
  • Rod. Carlos João Strass próximo ao retorno para a rua Lupércio Pozatto
  • Rod. Carlos João Strass com Av. Mário Roberto Gneco
  • Rod. Carlos João Strass, 780 (oposto)
  • Rod. Carlos João Strass antes do cruzamento com a Rua Noitibó
  • Av. Dez de Dezembro com a rua Tremembés
  • Av. Dez de Dezembro com a rua Almirante Barroso
  • Av. Dez de Dezembro, 4440 (oposto)
  • Av. Dez de Dezembro com Ponte Vereador Anélio Vieceli
  • Av. Dez de Dezembro, 7033