27°
Máx
13°
Min

“Tinha fogo por baixo do avião”, relata moradora próxima ao local do acidente

O acidente de avião que matou oito pessoas na noite de domingo (31) deixou 8,4 mil residências sem energia elétrica em bairros na divisa entre Londrina e Cambé. A interrupção durou cerca de uma hora.

A Copel volta ao local na manhã desta segunda (1º) para novos reparos, com previsão de duas breves interrupções em 40 imóveis da região.

Railda Bezerra da Silva, uma das moradoras atingidas pela falta de energia elétrica viu o avião modelo Navajo prefixo PT-EFQ pegando fogo antes da queda.

"Estamos construindo um sobrado com telha de zinco. Quando o avião passou, fez um barulho muito grande, diferente do que estamos acostumados. “A gente saiu correndo para olhar e já tinha um fogo por baixo do avião. Depois do barulho forte apagou tudo, aí acabou a energia. A gente achou até que tinha caído em uma plantação de soja aqui perto", relata a moradora do jardim Ecoville, a cerca de um quilômetro do local da queda.