21°
Máx
17°
Min

TJ mantém condenação de homem que matou esposa em 2007

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) manteve condenação de Roberson Alves por ter mandado matar a esposa em 2007, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Lourdes de Oliveira Ales foi morta a tiros, quando tinha 33 anos.

No entanto, apesar de ser considerado culpado, o assassino nunca ficou atrás das grades por conta de recursos apresentados por sua defesa. Em outubro de 2013, ele foi julgado e condenado a 23 anos de prisão.

No dia do crime, em abril daquele ano, ela e o marido teriam sido abordados em casa por dois criminosos. Eles colocaram Roberson porta-malas de um carro e Lourdes no banco de trás.

O casal foi levado até o bairro Beverly Fall Park e a mulher morta com um tiro na cabeça. Roberson não ficou ferido. Os dois homens que praticam o crime foram presos e apontam o marido como mandante.

No TJ, a condenação foi mantida, mas a pena diminuída para 22 anos. O advogado da família de Lourdes ingressou com um pedido para que o rapaz seja preso imediatamente.

Colaboração: Márcio Falcão/Rede Massa.