20°
Máx
14°
Min

Torcedores organizavam emboscadas para agredir rivais

Torcedores organizavam emboscadas para agredir rivais

Três meses de investigação resultaram na prisão de oito torcedores do Atlético-PR, integrantes do grupo denominado “guerrilha da zona oeste” da torcida organizada Os Fanáticos, na manhã desta quinta-feira (28). Eles foram presos por policiais da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (DEMAFE), que deflagraram a Operação Estratagema em Curitiba e Região Metropolitana. Um dos torcedores com mandado de prisão temporária não foi localizado e é considerado foragido.

Segundo a Polícia Civil, o grupo provocava emboscadas contra integrantes de outras torcidas organizadas. Um destes casos aconteceu dentro de um ônibus do transporte coletivo entre Campo Magro e Curitiba. Torcedores da “guerrilha da zona oeste” forçaram o motorista a parar o veículo e agrediram integrantes da torcida do Coritiba. Um deles sofreu lesões graves ainda dentro do ônibus e depois foi arrancado para fora do veículo. As agressões continuaram na calçada.

Os presos têm entre 19 e 29 anos. Os mandados contra eles são de prisão temporária, válidos por 30 dias, mas que podem ser prorrogados ou convertidos em prisão preventiva. Os presos na operação vão responder por tentativa de homicídio, roubo e dano ao patrimônio público. As penas podem chegar a 30 anos de prisão.

Durante a operação também foram apreendidos bastões, cassetetes, facas e um fuzil.

Colaboração João Gimenes / Rede Massa