23°
Máx
12°
Min

Trabalhadores da Funpar no HC decidem entrar em greve na próxima segunda (9)

(Foto: Divulgação/Sinditest-PR) - Trabalhadores da Funpar no HC decidem entrar em greve na próxima segunda (9)
(Foto: Divulgação/Sinditest-PR)

Os trabalhadores da Fundação da Universidade Federal do Paraná, que atuam no Hospital de Clínicas, decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (9). O motivo para a paralisação, segundo o Sinditest-PR, que representa a categoria, é a recusa da administração da Funpar em negociar com a diretoria do sindicato o acordo coletivo de trabalho de 2016 e 2017.

De acordo com o sindicato, na tarde desta terça-feira (3), em uma reunião, o advogado da Fundação, Luiz Antonio Abagge, alegou que não poderia negociar com o Sinditest por força de uma decisão judicial de junho de 2015, que dava ao Senalba-PR, o direito de representar a base dos trabalhadores da Funpar do HC. A decisão é da 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho.

Segundo o Sinditest, todos os anos a Funpar tenta tirar do sindicato o direito de negociar pela categoria. Em uma assembleia realizada nesta quarta-feira (4), cerca de 200 trabalhadores aprovaram por unanimidade a paralisação e, também, defenderam o sindicato como entidade legítima para representar a base dos trabalhadores da Funpar, de acordo com o Sinditest.

Para a próxima segunda, a orientação do Sinditest-PR é que os trabalhadores se reúnam em frente à entrada principal do hospital a partir das 7h. Segundo o sindicato, eles não devem bater ponto e a única forma de evitar a paralisação é a Funpar reconhecer a legitimidade do Sinditest-PR e abrir a mesa de negociação do acordo coletivo.

A reportagem tentou o contato com a Funpar e com o Senalba. A Fundação afirmou que irá se posicionar nesta quinta-feira (5). Já no sindicato, ninguém foi encontrado para comentar a situação.