27°
Máx
13°
Min

Trabalhadores do HC entram em greve

(Foto: Karina Hirami / Rede Massa) - Trabalhadores do HC entram em greve
(Foto: Karina Hirami / Rede Massa)

Trabalhadores da Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) que atuam no Hospital de Clínicas entraram em greve nesta segunda-feira (9). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação nas Instituições Federais de Ensino Superior no Estado do Paraná (Sinditest-PR), a administração da Funpar não está negociando com a entidade o acordo coletivo de trabalho da categoria, para vigência entre 2016 e 2017.

A Funpar alega que, conforme decisão judicial, os trabalhadores vinculados à fundação devem ser representados por outra entidade laboral. E, por isto, não negociaria a pauta de reivindicações com o Sinditest-PR.

“A decisão judicial se refere exclusivamente para a Maternidade Victor Ferreira do Amaral, que passou a ser administrada pelo Complexo HC. Isto é ponto pacífico. Com o objetivo de atrasar as negociações com os trabalhadores do HC, a Funpar está se fazendo valer da mesma decisão judicial. Há pelo menos 20 acordos dos funcionários da Funpar que foram negociados pelo Sinditest-PR”, afirmou Carlos Pegurski, coordenador-geral do sindicato.

A realização da paralisação hoje, como forma de defesa do sindicato como representante da base de trabalhadores da Funpar, foi deliberada na semana passada. A greve é por tempo indeterminado. “Queremos novamente abrir o diálogo. A data-base da categoria é 1º de maio e não há negociação”, comentou.

O atendimento no Hospital de Clínicas foi afetado parcialmente com a greve de hoje, como no caso dos internamentos. As áreas de enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva seguem trabalhando normalmente.

Após se reunirem em frente ao HC, parte dos funcionários se direcionaram para a Reitoria da Universidade Federal do Paraná. A instituição vai se pronunciar ainda nesta segunda-feira sobre o caso.