24°
Máx
17°
Min

Trabalhadores dos Correios de Maringá aprovam estado de greve, mas no PR, maioria aceita proposta

Trabalhadores terão 9% de reajuste (Foto: EBC) - Trabalhadores dos Correios rejeitam proposta, mas no PR maioria aceita
Trabalhadores terão 9% de reajuste (Foto: EBC)

Em Maringá, os funcionários dos Correios fizeram assembleia no início da noite de quarta-feira (14) e aprovaram estado de greve, o que permite que eles deflagrem paralisação a qualquer momento. 

Apesar disso, a maior parte dos trabalhadores no Paraná votou pelo aceite da proposta feita pela Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), por isso, o acordo deve ser fechado ainda esta semana e a greve, que poderia ser deflagrada, não acontecerá.

Segundo o sindicato da categoria no Paraná, Sintcom, haverá reajuste salarial de 6% de imediato e outros 3% em fevereiro de 2017, além da incorporação de R$ 100, anteriormente pagos como gratificação. 

Segundo o Sintcom, os Correios se comprometeram a registrar em ata um compromisso pela não privatização. Porém, várias reivindicações da categorias não devem ser atendidas, como a realização de concurso público para mais contratações.