23°
Máx
12°
Min

Trabalhadores dos Correios decidem encerrar a greve

(Foto: Divulgação/Sintcom) - Trabalhadores dos Correios decidem encerrar a greve
(Foto: Divulgação/Sintcom)

Os trabalhadores dos Correios no Paraná decidiram voltar ao trabalho nesta quinta-feira (28). A categoria aderiu à paralisação nacional e cruzou os braços nesta quarta (27).

Existia a possibilidade de que a greve continuasse por mais um dia. Porém, no final da tarde, uma assembleia foi realizada e a ampla maioria dos trabalhadores decidiu encerrar a paralisação.

As principais reivindicações da categoria são a manutenção dos empregos; melhores condições de trabalho, por mais segurança nas agências; contra o rombo do Postalis, o fundo de previdência dos Correios e contra a privatização.

Os trabalhadores lutam também por mais contratações através de concurso público, contra a sobrecarga de trabalho e a precarização do plano de saúde da categoria, o Correios Saúde.

Empresa

Em nota, a assessoria de imprensa dos Correios classificou a paralisação como "parcial" e informou que a empresa "operou com normalidade em todo o Brasil", sem afetar o atendimento à população.

Em relação à negociação com os trabalhadores, a empresa afirmou que considera a paralisação injustificada e que está realizando um estudo para reavaliar a necessidade de novos funcionários, já que os Correios contam com cerca de 120 mil trabalhadores, 13 mil contratados no último concurso.

"A direção dos Correios ratifica que não haverá privatização. Assim como as representações sindicais, também defende a empresa 100% pública e comprometida com os interesses nacionais", afirmou a empresa.