27°
Máx
13°
Min

Trincheira da Ernesto Vilela será liberada para tráfego neste sábado

Evento de inauguração da trincheira terá a presença do governador Beto Richa (Foto: Divulgação / Prefeitura) - Trincheira será liberada para tráfego neste sábado
Evento de inauguração da trincheira terá a presença do governador Beto Richa (Foto: Divulgação / Prefeitura)

A Prefeitura de Ponta Grossa libera neste sábado (13) o tráfego de veículos na Trincheira da Avenida Ernesto Vilela. Na tarde desta quinta-feira (11), a Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) instalou placas de sinalização, e a empresa contratada para executar a obra iniciou a pintura da sinalização no asfalto. Esses são os últimos itens a serem concluídos para que o uso da Trincheira seja liberado para os veículos. O governador Beto Richa (PSDB) estará na cidade para o inauguração da trincheira.

A obra iniciada em 2014 era uma reivindicação antiga dos moradores e comerciantes da região da Nova Rússia, e foi viabilizada através de um convênio entre o Município e o Governo do Estado, que investiu quase R$ 4 milhões para sua realização. Os recursos são oriundos do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM).

Ao longo de 2014 e 2015, o tráfego da rodovia PRC-373 (prolongamento da PR-151), precisou ser desviado no entorno do cruzamento com Avenida, para permitir a realização da primeira etapa das obras. Em 2015 os trabalhos se concentraram na parte inferior da Trincheira, que corresponde à ligação da região da Nova Rússia (a partir do Centro de Ponta Grossa) às regiões do Borato, Dallabona e Bonsucesso.

De acordo com o secretário municipal de Planejamento, Ciro Ribas, a ligação a essas localidades antes era regulada através de um semáforo, que causava engarrafamentos tanto no tráfego urbano, como também na passagem de veículos pela rodovia. “A Trincheira não apenas facilita o acesso de moradores a essas regiões, como também torna a travessia segura, e agiliza o tráfego de veículos que estão vindo de Curitiba em direção a Carambeí, ou seguem de Carambeí rumo a Curitiba”, destaca.

Além de beneficiar a comunidade da região Oeste do Município, a Trincheira também é uma facilidade a mais oferecida às indústrias instaladas na cidade, especialmente na região onde já estão em funcionamento empresas como a Ambev e a DAF.

Redução nos acidentes

A utilização da Trincheira da Ernesto Vilela deve impactar positivamente no trecho urbano da PRC-373, a chamada Avenida Senador Flávio Carvalho Guimarães. A via é constantemente cenário de acidentes de trânsito que fazem muitas vítimas. Segundo a Concessionária CCR RodoNorte, que administra o trecho da rodovia, ela tem um índice de acidentes 36% maior que no resto do Paraná, e 80% maior no que se refere a mortes. Em 2014, somente nas proximidades da atual Trincheira, foram registrados 102 acidentes com 304 pessoas envolvidas. Com a nova travessia, atropelamentos e colisões devem ocorrer com menor frequência.

Colaboração Assessoria de Imprensa.