22°
Máx
16°
Min

Trio é preso acusado de desviar carga de cooperativa

(foto: Divulgação) - Trio é preso acusado de desviar carga de cooperativa
(foto: Divulgação)

Três homens foram presos pela Polícia Civil de Castro durante a operação “Carga Pesada”, que visa desarticular uma quadrilha suspeita de desviar cargas de soja da cooperativa Castrolanda. Segundo a Polícia Civil, o prejuízo passa de R$ 500 mil.

Segundo o delegado Emmanoel David, responsável pelas investigações, a soja era roubada e vendida por valor bem abaixo do praticado no mercado. Em menos de um ano, foram desviados pelo menos 15 carregamentos. “Através do controle interno, a cooperativa percebeu que o número de caminhões carregados que saiam da empresa não era igual à quantidade de carregamentos feitos”, explica o delegado.

Ederson Saruky, de 33 anos, ex-funcionário da cooperativa, teria o papel de falsificar notas de carregamento para que os caminhões entrassem na empresa. Marcos Gomes, de 28, trabalhava no escritório da cooperativa, e era responsável por não faturar a carga, permitindo a saída do caminhão carregado. Luiz Roberto, de 38 anos, seria responsável pelo transporte e venda das cargas, comercializadas em Ponta Grossa e estado de São Paulo.

 O trio será indiciado por furto mediante fraude, associação criminosa e falsificação de documentos.

(com informações do Blog de Castro)