28°
Máx
17°
Min

Trio tenta incendiar mãe de homem que espancou e matou a esposa em Campo Mourão

(Foto: João Silvestrin/ Tá Sabendo.com) - Trio tenta incendiar mãe de homem que espancou e matou a esposa
(Foto: João Silvestrin/ Tá Sabendo.com)

Três homens encapuzados e armados tentaram assassinar a mãe do homem acusado de espancar e matar a ex-esposa no fim de maio. Eles invadiram a residência da vítima na madrugada desta sexta-feira (24), em Campo Mourão. Ainda jogaram álcool no corpo dela e em toda a casa, ateando fogo no imóvel. Por sorte, a mulher e a filha conseguiram fugir pelos fundos.

A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 1h15, na Rua Hilton Santin, no Jardim Esperança. De acordo com a vítima, ela acordou com barulhos de alguém chutando a porta da residência e foi surpreendida por três homens, um deles com arma de fogo e outros dois com arma branca e chave de fenda.

Os invasores xingaram a vítima e a filha dela, de 17 anos, acordou e começou a gritar. Um dos homens jogou álcool no corpo da mulher e nos móveis da casa. Um deles ainda deu um chute no pescoço da vítima. A filha socorreu a mãe e as duas conseguiram fugir pelos fundos, pulando o muro da casa.

Após a fuga, o trio ateou fogo à residência e escapou. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar as chamas.

Tragédia

O homem que é filho da vítima espancou a ex-esposa no dia 29 de maio, em Campo Mourão. Sueli Chagas, 45 anos, ficou internada no hospital por seis dias, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia 3 de junho.

A mãe de Sueli também veio a óbito depois de ter uma parada cardíaca, logo após saber que a filha havia sido espancada e corria risco de morte. O acusado do crime foi preso no dia 1º de junho em um bar da cidade.