22°
Máx
14°
Min

UEM ganha Museu de Geologia; meteorito de 1977 está exposto

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) inaugurou uma sede para o Museu de Geologia, ligado ao Departamento de Geografia da instituição. No acervo estão coleções expressivas de minerais puros, rochas e amostras paleontológicas.

O professor Sérgio Luiz Thomas, o criador do espaço, explicou que o Museu de Geologia existe desde 1993, mas funcionava até então com uma estrutura precária, ou em salas de aula ou nos corredores do departamento.

Agora, passa a conta com um espaço próprio localizado no Bloco J-01 do campus. Entre os itens que chamam a atenção está um meteorito de 1,2 quilo que caiu em Iguaraçu, na região metropolitana de Maringá, em 1977. A peça já foi analisada por pesquisadores da Nova Zelândia e Canadá.

O professor Sérgio Thomas destacou que a inauguração da sede possibilita que as coleções fiquem expostas para visitação, especialmente de estudantes.

(Foto: UEM)(Foto: UEM) 

História

O professor Sérgio Luiz Thomas começou a criação do Museu de Geologia quando deixou o trabalho no laboratório de micropaleontologia da Petrobras para ser docente na Universidade Estadual de Maringá. Ele trouxe caixas de fósseis que ficaram acomodados por anos nos armários do departamento.

A UEM adquiriu rochas ao longo dos anos e ainda recebeu doações de minerais do Canadá, Espanha, México, Marrocos e Chile. Em 1993, o Museu de Geologia foi oficializado junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e, somente este ano, ganhou um espaço adequado.

(Foto: UEM)(Foto: UEM)

Colaboração UEM e Geovan Petry da Rede Massa