28°
Máx
17°
Min

Uma semana após morte, haitiano falecido é identificado oficialmente em Maringá

Uma semana após o acidente que levou a morte um haitiano, o homem foi oficialmente reconhecido no Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá. Porém, os familiares e amigos ainda aguardam um documento da Polícia Federal para terem a liberação do corpo para sepultamento.

Dorival Jean, 36 anos, trabalhava como pedreiro e morreu em um acidente de trânsito ocorrido no último dia 5 de outubro, no limite entre Maringá e Sarandi. O caminhão em que ele estava bateu na traseira de um guincho e o forte impacto causou o falecimento.

Marie Mirlande vivia com Jean há quase dois anos, porém, como não eram casados em cartório, seu reconhecimento não era considerado oficial. Amigos e pastores ajudaram a mulher a garantir a identificação e agora se aguarda a autorização da Polícia Federal para liberação do corpo.