28°
Máx
17°
Min

Unimed doa 1,5 mil tampas plásticas ao Banco de Leite do HU

(foto: Divulgação) - Unimed doa 1,5 mil tampas plásticas ao Banco de Leite do HU
(foto: Divulgação)

 O Banco de Leite Humano do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina recebe durante todo o ano doações de frascos de vidro para armazenamento de leite materno. O leite chega ao banco através de lactantes doadoras e é destinado a bebês que se encontram na UTI ou que por algum outro motivo não podem ser amamentados por suas mães. 

Antes de serem utilizados, os frascos passam por esterilização, bem como as tampas. E aí está o problema: a maioria das tampas de frascos de vidro encontrados atualmente no mercado são de metal e oxidam após a esterilização. Por este motivo a tampa ideal para esta função é de plástico. De acordo com a enfermeira e coordenadora do Banco de Leite Humano do HU, Márcia Benevenuto, apenas os vidros de café solúvel vêm acompanhados de tampas de plástico. “Precisamos entregar para as mães vidros lisos, com boca larga e tampa plástica para que o leite seja armazenado conforme as orientações da Anvisa. Mas a maior parte dos vidros muitas vezes não são utilizados por falta da tampa adequada”, explica.

Para atender esta demanda e possibilitar o aproveitamento dos vários frascos inutilizados, a Unimed Londrina realizou nesta terça-feira (2) a doação de 1.500 tampas plásticas para o Banco de Leite. Conforme a enfermeira, o montante é suficiente para seis meses de utilização.

Além da doação das tampas, a Unimed Londrina também fez a entrega de três mil folders utilizados na orientação de lactantes sobre a doação de leite materno. “O folder traz uma mensagem bem objetiva e nos ajuda no primeiro contato com a mãe doadora”, afirma Márcia.

Para a especialista em responsabilidade social da Unimed Londrina, Fabianne Piojetti, tanto a doação de tampas plásticas quanto do material impresso são uma forma da Unimed incentivar o aleitamento materno e contribuir com o Banco de Leite Humano do HU. “Trabalhar para reduzir a mortalidade na infância é uma das metas do milênio estimuladas pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e apoiada pela Unimed Londrina”, afirma. Segundo ela, a doação tem tudo a ver com a questão da saúde. “É uma ação simples que podemos fazer para contribuir com o Banco de Leite que faz um trabalho sério e muito importante para Londrina e região”, conclui. 

(com assessoria de imprensa)