24°
Máx
17°
Min

Unioeste debate uso de agrotóxicos e higiene sustentável

Encontro discutiu segurança no uso dos agrotóxicos e efeitos dos produtos na saúde humana (Foto: Divulgação) - Unioeste debate uso de agrotóxicos e higiene sustentável
Encontro discutiu segurança no uso dos agrotóxicos e efeitos dos produtos na saúde humana (Foto: Divulgação)

Agrotóxicos versus saúde humana foi o tema da quarta mesa redonda realizada na 16ª edição do Seminário de Extensão da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), campus de Francisco Beltrão.  O encontro abordou assuntos como efeitos do agrotóxico na saúde humana e reconhecimento das intoxicações pelos produtos, ministrados pelas professoras do Campus de Cascavel, Carla Brugin Marek e Ana Maria Itinose, e agrotóxicos e neoplastia, palestrado pela professora do Campus de Beltrão Carolina Panis.

Além disso, ocorreram quatro oficinas: produtos de limpeza e higiene sustentável; orientações para intercambio estudantil; reciclagem artesanal de papel 2016; e contação de histórias: encantando com nossas histórias.

Durante o encontro, foram realizadas oficinas com produção de repelentes, detergentes e outros produtos (Foto: Divulgação)Durante o encontro, foram realizadas oficinas com produção de repelentes, detergentes e outros produtos (Foto: Divulgação) 

A oficina ‘Produtos de Limpeza e Higiene Sustentável’ é um projeto de extensão criado em 2011 e desde o ano passado está sendo coordenado pela estudante do 2º ano do curso de Serviço Social, Sara de Souza Arnauts, do campus de Toledo.

Ela comenta que a atividade segue um viés sustentável, exercendo a reutilização de hidros como sabão, sabonete, matéria prima natural como folha de eucalipto, cravo da índia, limão e gordura animal para produção de sabão. “Nosso projeto trabalha com demandas na região do município de Beltrão e os interessados que são acadêmicos, agricultores e professores do ensino médio, nos procuram e nós vamos até eles para ministrar oficinas e pôr em prática a extensão universitária”, explica Sara.

Os produtos produzidos na oficina do SEU foram repelentes caseiros para ambientes, detergentes, desinfetantes para banheiro, amaciante, sabonete de esfoliação corporal e sachê perfumado feito com sagu.

Durante o encontro, foram realizadas oficinas com produção de repelentes, detergentes e outros produtos (Foto: Divulgação)Durante o encontro, foram realizadas oficinas com produção de repelentes, detergentes e outros produtos (Foto: Divulgação) 

A economista que faz parte do programa Bom Negócio, Jessica Ramos Poletto, diz que escolheu participar desta oficina pela oportunidade de desenvolver os produtos em casa. “Eu gosto do tema sustentabilidade e quero reutilizar coisas que já possuo na minha casa. Por ser produtos de limpeza sustentáveis, vi aqui a chance de aprender, pôr em prática todas essas ações e passar também para minha família”, esclarece.

Colaboração Assessoria de Imprensa.