22°
Máx
17°
Min

Urbs mantém proposta e greve continua nesta quinta-feira

(Foto: Divulgação/Sindurbano) - Urbs mantém proposta e greve continua nesta quinta-feira
(Foto: Divulgação/Sindurbano)

A greve dos trabalhadores da Urbanização de Curitiba (Urbs) vai continuar nesta quinta-feira (14). Em assembleia, a categoria rejeitou a proposta apresentada pela empresa. Nesta quinta-feira está marcada uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, a partir das 14h30.

Mesmo com a continuidade da paralisação, o Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização de Curitiba afirmou que os agentes de trânsito vão trabalhar normalmente nesta quinta , dia da passagem da tocha olímpica pela capital paranaense.

De acordo com o presidente do Sindiurbano, Valdir Aparecido Mestriner, a decisão foi dos próprios funcionários. “Muitas ruas vão estar bloqueadas e eles preferiram trabalhar para não causar transtornos à cidade e ainda mostrar que a greve só não caba pela má vontade da Urbs”, afirmou.

Ainda segundo o presidente, nesta quinta, a empresa apresentou duas propostas iguais. “De manhã eles apresentaram uma que foi rejeitada. Aí, à tarde, eles nos mandaram a mesma proposta. É claro que ela não seria aprovada pelos trabalhadores”, destacou.

A proposta oferecida, segundo o Sindiurbano, foi de 9,83%, que seria pago em quatro parcelas, entre setembro e fevereiro do ano que vem. Valdir relatou que o reajuste oferecido não agradou nem um pouco os trabalhadores. “Eles ficaram revoltados, ainda mais porque a Urbs enviou a mesma proposta duas vezes”, ressaltou.

A reportagem tentou entrar em contato com a Urbanização de Curitiba, mas ninguém foi encontrado.