24°
Máx
17°
Min

Usuário de drogas é preso e confessa estupro de idosa de 63 anos em Maringá

Homem não quis mostrar o rosto com vergonha por decepcionar o filho (Foto: Rede Massa) - Usuário de drogas é preso e confessa estupro de idosa de 63 anos
Homem não quis mostrar o rosto com vergonha por decepcionar o filho (Foto: Rede Massa)

A Polícia Civil prendeu e apresentou, na manhã desta sexta-feira (8), um homem de 37 anos acusado de estuprar uma idosa de 63 anos em Maringá. Ele confessou o crime e declarou que é usuário de drogas, sem saber explicar o porquê do abuso sexual.

O crime aconteceu na noite do dia 30 de junho, no Jardim Kakogawa, zona norte de Maringá. O homem abusou sexualmente da idosa, mas foi contido por populares e encaminhado à delegacia.

O acusado confessou o crime, mas foi liberado em seguida porque a delegada entendeu que não houve flagrante. Ela depois pediu a prisão preventiva do homem, que foi cumprida nesta sexta-feira.

Detido, o estuprador não quis mostrar o rosto porque declarou que seu filho já não fala com ele. O homem é pintor, está desempregado atualmente e usa drogas. Na noite do crime, ele havia ingerido pinga e estava com vontade de usar entorpecentes quando avistou a mulher.

Ele diz inicialmente só ter pedido dinheiro para as drogas, mas depois resolveu cometer o estupro. “Infelizmente, não entendo”, declarou aos ser questionado sobre sua motivação.

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa