23°
Máx
12°
Min

Vândalos invadem unidade de saúde pela terceira vez em um mês

Mais uma vez, a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Palmeirinha, em Ponta Grossa, foi alvo de vândalos. Esta foi a terceira vez em menos de 30 dias que a UBS é atacada. O ato foi cometido, possivelmente, durante o fim de semana e o atendimento ficou suspenso durante toda a segunda-feira (15).

Vândalos invadem unidade de saúde pela terceira vez em um mês

Nesta terça (16), o atendimento voltou, mas com algumas restrições. As luzes dos corredores não acendem e alguns computadores foram danificados. Os vândalos quebraram parte do telhado e romperam o encanamento da caixa d’água. Toda a UBS foi alagada, com prejuízo a documentos e equipamentos.

Esta foi a terceira vez em 30 dias que o local é alvo de vandalismo. No fim do mês passado, os bandidos invadiram o local e levaram computadores e materiais de escritório.

Além de prejudicar quem precisa do atendimento, danificar o patrimônio público é crime, com pena de seis meses a três anos de prisão.

A Prefeitura de Ponta Grossa emitiu uma nota sobre o caso da UBS; confira na íntegra:

“No último final de semana a Unidade Básica de Saúde (UBS) Adam Polan, na Palmeirinha, sofreu um novo vandalismo. Desta vez os infratores danificaram parte do telhado e romperam o encanamento da caixa d’água. Devido ao rompimento, acabou entrando água na UBS inteira, estragando mobília e equipamentos. A comunidade da região ficou sem atendimento durante todo o dia. Hoje [segunda-feira], cerca de 100 pessoas teriam consultas”.

Colaboração Rafaela Schuinka / Rede Massa.