24°
Máx
17°
Min

VCG e funcionários entram em acordo e descartam greve

(Foto: Wellington Meira / Rede Massa) - VCG e funcionários entram em acordo e descartam greve
(Foto: Wellington Meira / Rede Massa)

Em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (17), os trabalhadores da Viação Campos Gerais (VCG) decidiram aceitar a proposta da empresa. As negociações se arrastavam desde 14 de dezembro e o sindicato que representa a categoria, o Sintropas, havia dado um ultimato à concessionária do transporte coletivo para esta quinta. Com a decisão, foi descartada uma paralisação no transporte público de Ponta Grossa.

A data-base da categoria mudou para 1º de novembro, com aplicação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) entre fevereiro e novembro para o reajuste salarial na mesma data. Os funcionários da empresa também receberão um aumento no vale-refeição, que agora passa de R$ 230 para R$ 500. O aumento real obtido pela categoria foi um plano ambulatorial a partir de novembro que será gerido pelo sindicato.

“Ontem [quinta-feira] à tarde a VCG nos chamou para uma conversa e apresentou estes números, que foram aceitos por 99% dos trabalhadores”, afirma Sirton Barbosa, presidente do Sintropas. “A mudança da data-base era algo que a categoria pedia porque, antes, primeiro acontecia o aumento da tarifa e depois o reajuste dos trabalhadores, então isso prejudicava a gente. Agora, primeiro os funcionários ganham o aumento e depois o reajuste da tarifa é discutido”, completa.

Colaboração Emmanuel Fornazari, da Rede Massa.