24°
Máx
17°
Min

Vereador Luizinho Gari deixa a prisão

(Foto: Divulgação/Câmara de Maringá) - Vereador Luizinho Gari deixa a prisão
(Foto: Divulgação/Câmara de Maringá)

Na sexta-feira (1º), o vereador de Maringá Luizinho Gari (sem partido) deixou o 4º Batalhão de Polícia Militar, onde estava preso desde o último dia 22. A juíza da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, Mônica Fleith, concedeu a liberdade ao parlamentar acusado de injúria e ameaça contra a ex-esposa.

A soltura aconteceu mesmo contra o parecer da Promotoria, que indicava a manutenção da prisão preventiva. Luizinho Gari agora poderá retornar aos trabalhos no Legislativo, inclusive com a participação na sessão extraordinária marcada neste domingo (3) para aprovação do reajuste salarial aos servidores.

Durante o tempo em que esteve detido, Luizinho Gari deixou o PDT e agora precisa ingressar em um novo partido. Esta semana, o Legislativo ainda arquivou um pedido de comissão processante contra o vereador por 9 votos a 4.