21°
Máx
17°
Min

Viaduto da PR-445: Secretário admite “impressão ruim”, mas vê rachaduras solucionadas

(Foto: CML/Arquivo) - Viaduto da PR-445: Secretário  admite “impressão ruim”, mas vê rachaduras  solucionadas
(Foto: CML/Arquivo)

 O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, esteve em Londrina na manhã desta quinta-feira (11) para conferir as obras de duplicação da PR-445, especialmente o viaduto sobre a avenida Dez de Dezembro.

A obra foi interrompida no início desta semana por decisão judicial, a pedido do Ministério Público, com o entendimento que as rachaduras visíveis na obra representam um “perigo eminente” à população. 

Em entrevista coletiva, Pepe Richa afirmou que o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) entregará à justiça e ao Clube desenharia e, em um prazo de até dez dias, relatório completo sobre a situação da obra, elaborado por uma empresa contratada.

O secretário descartou qualquer risco no viaduto, mas admitiu a impressão ruim causada pelas rachaduras.

“Nosso monitoramento mostrou que as rachaduras pararam de evoluir. É uma prova de que o problema está solucionado. Claro que esteticamente causa uma impressão ruim, é muito feio para quem passa aqui e, de fato, choca. Mas, em termos de engenharia foram tomadas todas as medidas necessárias. O fechamento das rachaduras vai trazer uma tranquilidade maior, até para ver se elas aumentam ou não”, afirmou o secretário, garantindo a entrega da obra para maio, já que os trabalhos continuam nos outros trechos.

Questionado sobre o posicionamento do CEAL, de que a estrutura não apresenta sinais de estabilização, Pepe Richa voltou a garantir a segurança da obra. “É uma questão de comunicação, e às vezes a paixão sobrepõe a questão técnica. Vi depoimento de pessoas que não tem conhecimento de engenharia dando opinião sobre a obra. Temos pessoas responsáveis pela obra, que assinam seu nome nela. O DER sempre foi referência neste tipo de obra e há também uma empresa que tem um nome a zelar. Tudo que aconteceu até agora é um problema do terreno, um solo bastante mole, mas as providências foram tomadas”.