26°
Máx
19°
Min

Vídeo comprova que motorista embriagado furou o sinal vermelho

Um vídeo obtido pela Polícia Civil comprova que o motorista da Range Rover furou o sinal vermelho no acidente que matou Rafael Laraniaga Gomes Caprioti, 28 anos, no dia 26 de março deste ano. O delegado de Sarandi (a sete quilômetros de Maringá), Reginado Caetano da Silva, informou que vai indiciar Pedro Antonio Frasson Filho por homicídio doloso (quando se assume o risco do crime) e ele deve ir a júri popular.

Embriagado, Pedro Antonio Frasson Filho conduzia uma Ranger Rover que bateu contra o GM Celta, em que estava Rafael Laraniaga Gomes Caprioti, na BR-376. O impacto foi tão forte que Caprioti foi ejetado do veículo e morreu no local.

Imagens da câmera de segurança de um motel, em frente de onde aconteceu o acidente, mostram que o Celta seguia tranquilamente pela rodovia. Ele parou no semáforo, seguiu caminho quando o sinal verde abriu e foi atingido pela Range Rover.

No vídeo é possível ver o Celta transitando pela rodovia (51’10”) e depois o veículo já lançado após a batida (51’25“). A notícia do indiciamento por homicídio doloso vem ao encontro do que a família de Caprioti pedia.

No último fim de semana, os parentes fizeram um protesto pela punição de Pedro Antonio Frasson Filho, alegando que não houve um acidente, mas um crime, já que o rapaz estava embriagado. Agora, ainda ficou comprovado o desrespeito ao semáforo.

Colaboração Índio Maringá da Rede Massa