22°
Máx
17°
Min

Vídeo mostra explosão após queda de avião em Londrina; assista!

O circuito interno de câmeras de um condomínio no jardim Sabará, zona oeste de Londrina, registrou o momento da queda do avião Navajo prefixo PT-EFQ, na noite de domingo (31). Oito pessoas morreram no acidente.

As imagens do condomínio próximo ao barracão onde a aeronave bateu mostram inicialmente um corte de energia, momento em que o bimotor atingiu um poste na esquina das ruas Marechal Hermes da Fonseca e Zacarias de Góes Vasconcelos, na divisa com Cambé.

Na sequência, em um intervalo de três segundos, é possível ver uma primeira explosão, hora em que a aeronave atinge o barracão da empresa de transportes, e logo depois um imenso clarão.

“Foi tudo muito rápido. Quando a energia caiu, a gente ouviu um barulho como se fosse da desaceleração do avião e, na sequência, o da explosão”, afirmou uma moradora que não preferiu não se identificar.

O vídeo do condomínio mostra moradores correndo assustados logo após a explosão.

O modelo Navajo prefixo PT-EFQ caiu por volta das 21h e tinha como destino o aeroporto Governador José Richa, em Londrina, depois de decolar no aeroporto Marechal Cândido Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá (MT).

O acidente está sendo investigado por militares do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), órgão subordinado ao CENIPA.

A investigação comçou com a coleta de evidências no local da queda. Os investigadores fotografaram cenas, retiraram partes da aeronave para análise, e reuniram documentos como diário de bordo e plano de voo. A aeronave não possuía caixa preta.

De acordo com o capitão Marlon Sampaio, do Seripa, ainda é cedo para apontar a causa do acidente, mas as primeiras análises apontam para a hipótese do piloto Antônio Viçoti ter escolhido a área onde o avião caiu. “Acho bastante provável que ele tenha observado essa área descampada para fazer o pouso. Não com segurança, mas para minimizar os danos”, apontou.

O Seripa não aponta prazo para o término das investigações, e realça que o principal objetivo é prevenir para que outros acidentes aconteçam.

A aeronave, registrada em nome da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas em Cooperativas no Brasil havia passado por uma reforma e voava pela segunda vez após as mudanças feitas nos motores e em outras partes.