21°
Máx
17°
Min

Vítimas de explosão na Pinduca são transferidas para Goiânia e Curitiba

(Foto: Divulgação) - Vítimas de explosão na Pinduca são transferidas
(Foto: Divulgação)

Três vítimas da explosão de uma secadora de amido em Cianorte foram transferidas para hospitais de Goiânia (GO) e Curitiba (PR) nessa quinta-feira (5). Na mesma data, um trabalhador morreu na Santa Casa, com queimaduras em 70% do corpo.

O acidente de trabalho na empresa Pinduca aconteceu na tarde de quarta-feira (4), deixando um homem morto e outros oito feridos. O Corpo de Bombeiros demorou quase dez horas para resgatar o corpo de Ricardo da Silva, 36 anos, que faleceu na explosão e foi carbonizado.

Vanderlício Alexandrina, 53 anos, morreu por volta das 9h30 dessa quinta-feira, na Santa Casa de Cianorte. No fim da tarde, o hospital divulgou a transferência de três vítimas graves.

Cezar de Souza Silva e Elias Mendes Silva foram transportados de aeronave até o Hospital Universitário Governador Valadares, em Goiânia. Já Alexsandro Martins foi encaminhado ao Hospital Evangélico de Curitiba.