21°
Máx
17°
Min

Votação sobre fura-catraca fica para a próxima semana

(Foto: Chico Camargo / CMC) - Votação sobre fura-catraca fica para a próxima semana
(Foto: Chico Camargo / CMC)

Pela terceira vez a votação do projeto que prevê multa a pessoas que invadem o sistema de transporte coletivo foi adiada. O assunto deve voltar à pauta da Câmara Municipal de Curitiba na próxima segunda-feira (16).

A proposição nem chegou a ser debatida nesta quarta-feira (11) por causa das discussões em regime de urgência sobre o repasse do Fundo Especial da Câmara (FEC) à Prefeitura de Curitiba, que foi aprovado pelos vereadores.

O projeto segue para a primeira votação, na próxima semana, com três subemendas. A Comissão de Legislação, Justiça e Redação fez uma adequação técnica na ementa; o próprio autor da proposta, vereador Rogério Campos (PSC), acrescentou que caberá ao Executivo regulamentar a norma; e o vereador Paulo Rink (PR) sugeriu que o dinheiro arrecadado siga para uma conta específica da Urbs, desvinculada do Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC).

A proposta prevê cobrança de multa equivalente ao valor de 50 passagens (R$ 185) e dobrado em caso de reincidência a quem for flagrado invadindo o sistema de transporte coletivo. A primeira discussão aconteceu na última segunda-feira (9), durante duas horas e meia, com tumulto e manifestação de integrantes do Movimento Passe Livre (MPL), contrário ao projeto. Ontem (10) nova confusão foi registrada na Casa entre manifestantes e representantes do Sindimuc, que representa cobradores e motoristas.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba