22°
Máx
17°
Min

Yasmin é sepultada em Cerro Azul e polícia passa a investigar o caso

O corpo da pequena Yasmin, de um ano e cinco meses, foi sepultado no início desta manhã (1) no Cemitério Municipal de Cerro Azul. A menina, que passou três dias desaparecida, foi localizada na manhã de segunda-feira (29), no rio que passa no fundo da propriedade que a família mora, no interior de Cerro Azul.

De acordo com informações da Defesa Civil do município, o corpo foi localizado por familiares, distante cerca de 500 metros da casa da família. A criança desapareceu na sexta-feira (26) por volta de 12h30. As buscas foram iniciadas logo na sequência, porém, a chuva que caiu na região durante o fim de semana teria atrapalhado, uma vez que o rio acabou subindo o nível.  Ainda segundo a Defesa Civil, familiares e moradores da cidade estão inconformados com a situação. “O fato de se ter demorado tanto tempo para encontrar o corpo tão próximo a casa acaba levantando dúvidas, por exemplo, como não foi encontrado antes o corpo. Por isso, a polícia deve ouvir a família e moradores das proximidades a partir de hoje e esclarecer efetivamente o que aconteceu, para não deixar margem de dúvida”, relatou Mucio Silva.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e passou por necropsia. De acordo com a Defesa Civil, a polícia deve investigar o caso, para descartar qualquer suspeita em relação a morte. A Polícia Civil da cidade relatou que ainda está com informações fragmentadas sobre o caso, mas que deve dar sequência na investigação.