23°
Máx
12°
Min

Abraji abre hoje congresso de jornalismo

Com 20 cursos e 51 painéis e palestras, começa nesta quinta-feira, 23, e vai até sábado (25) o 11.º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo. Promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o evento vai homenagear dois dos principais profissionais de imprensa do País, Elvira Lobato e Alberto Dines.

Uma das convidadas internacionais é Marina Walker Guevara, diretora do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês), que falará sobre a experiência de coordenar a investigação internacional sobre os Panama Papers - documentos do escritório de advocacia Mossack Fonseca, especializado na abertura de empresas de fachada em paraísos fiscais. Também farão parte do painel os jornalistas Fernando Rodrigues, do UOL, e José Roberto de Toledo, do Estado, ambos participantes da equipe na qual trabalharam cerca de 370 jornalistas de 76 países e cerca de 100 órgãos de mídia.

As reportagens da série revelaram uma rede global de corrupção e ocultação de patrimônio por meio do uso de empresas offshore - ainda que nem todas sejam ilegais. Doze chefes de Estado, anuais e antigos, usaram a panamenha Mossack Fonseca para abrir offshores em locais cuja legislação garante o sigilo da identidade dos proprietários.

A ministra do Supremo Tribunal Federal Carmen Lúcia participará do painel Liberdade de Imprensa e Expressão no Judiciário. Ela será entrevistada pela jornalista Miriam Leitão sobre decisões do Judiciário relacionadas às liberdades de imprensa e expressão, entre outros pontos.

A repórter Elvira Lobato recebe a homenagem da Abraji pelo conjunto de seu trabalho jornalístico. Neste ano ela completa quatro décadas de carreira. Será exibido no evento um minidocumentário produzido pela Abraji, que mostrará destaques de sua trajetória.

Já Alberto Dines receberá o Prêmio Abraji de Contribuição ao Jornalismo, pelo trabalho de duas décadas à frente do Observatório da Imprensa. Dines, que tem mais de 60 anos de carreira, recebeu em 1970 o Prêmio Maria Moors Cabot da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.

Desde a primeira edição do congresso, em 2005, a Abraji já homenageou José Hamilton Ribeiro, Joel Silveira, Lúcio Flávio Pinto, Paulo Totti, Dorrit Harazim, Rosental Calmon Alves, Jânio de Freitas, Marcos Sá Corrêa, Tim Lopes, Elio Gaspari e Clóvis Rossi.

Inscrições

As inscrições para o 11º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo podem ser feitas no local do evento, que começa nesta quinta, às 9 horas, no câmpus Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi (Rua Casa do Ator, 275), e se estenderá até o sábado.

A taxa de inscrição vai de R$ 250 (estudante de jornalismo associado à Abraji) até R$ 550 (profissional não associado à entidade). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.