26°
Máx
19°
Min

Administração 'à la iniciativa privada' de Doria pegou

Na região da Vila Mariana, onde o PSDB concentrou cerca de 80% dos votos em 2014, o discurso de gestão "à moda da iniciativa privada" do candidato tucano João Doria soou como música aos ouvidos dos moradores. O jornal O Estado de S. Paulo conversou com eleitores pela manhã e percebeu que o discurso de administração consciente dos recursos públicos foi o fiel da balança na decisão do voto. "A gente que trabalha no setor privado se identifica com essa visão de uma administração real da cidade, por um empresário", disse o engenheiro John Christian Paclibar Alba, de 35 anos."Não foi uma decisão relacionada a partido, foi mais por causa do candidato mesmo."

Auditor fiscal da Prefeitura, Omar Afonso Sanini, de 55 anos, disse que a cidade de São Paulo tem recursos suficientes para uma boa prestação de serviços públicos - o que falta é a gestão correta do dinheiro. "Se é possível fazer em Londres e Nova York, dá para fazer aqui também."

Para a aposentada Ivone Ravagnani Napimoga, de 69 anos,

O fato de Doria não ter tradição na política foi um ponto a favor. "Precisamos renovar, sair da mesmice." E não faltou o voto anti-PT, como o da advogada Maria Carolina Ribas Buriham, de 38 anos. "Temos de tirar o PT da Prefeitura de São Paulo." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.