22°
Máx
14°
Min

Afastado pelo STF, Cunha está entre os assuntos mais falados no Twitter

No dia em que foi afastado do cargo de presidente da Câmara e teve seu mandato suspenso pela decisão histórica do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Eduardo Cunha aparece nos trending topics mundial do Twitter.

Com 286 mil citações e crescendo, a expressão "Cunha" está mobilizando os internautas pró e contra o governo Dilma que amanheceram com a notícia de que, cinco meses após o procurador-geral da República pedir ao STF o afastamento do polêmico político, o Supremo acatou a solicitação.

Primeiro político réu na Lava Jato no STF e alvo de seis inquéritos na Corte, Eduardo Cunha acumulava polêmicas à frente da Câmara e foi o responsável por aceitar o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, no final do ano passado.

Com uma sólida base de aliados, o peemedebista se recusou a renunciar mesmo envolto em escândalos e, graças a sua "tropa de choque", o processo que pede sua cassação no Conselho de Ética já é o mais longo na história da Câmara.

A decisão desta quinta ocorre um dia após o presidente do Supremo, ministro Ricardo Lewandowski, anunciar que iria pautar o julgamento da ação movida pela Rede Sustentabilidade que também pedia o afastamento do peemedebista, alegando que ele não poderia assumir a vice-presidência em caso de afastamento de Dilma. A votação do impeachment no Senado prevista para a próxima quarta-feira, 11, pode determinar o afastamento temporário da presidente para ser julgada pelo Congresso.