24°
Máx
17°
Min

Alckmin vai escolher o novo procurador-geral de Justiça

O governador Geraldo Alckmin recebeu na noite deste domingo, 10, a lista tríplice da eleição para procurador-geral de Justiça de São Paulo. A lista foi levada a Alckmin pelo procurador Márcio Fernando Elias Rosa, que comandou o Ministério Público do Estado nos últimos quatro anos (biênios 2012/2014 e 2014/2016).

No sábado, 1,8 mil promotores e procuradores de Justiça elegeram a lista com os três candidatos ao posto máximo da Instituição.

Gianpaolo Smanio, candidato de Elias Rosa, foi o primeiro colocado. Em segundo ficou a procuradora Eloísa Arruda. Em terceiro, o procurador Pedro Juliotti.

Cabe ao governador do Estado a indicação do chefe do Ministério Público. Ele pode escolher qualquer nome da lista, independente da colocação alcançada na eleição interna do Ministério Público.

O governador tem prazo de quinze dias para decidir. Se não indicar nenhum nome nesse intervalo, o primeiro lugar da relação assume o cargo de procurador geral de Justiça.