22°
Máx
14°
Min

Anastasia conclui leitura de relatório na comissão de impeachment

O relator do processo de impeachment no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), concluiu a leitura de seu parecer após cerca de três horas. Ele votou pela admissibilidade da denúncia, com a consequente instauração do processo de impeachment, a abertura de prazo para Dilma responder à acusação e o início da fase instrutória.

O início de leitura foi antecedido por um pequeno bate-boca no plenário, entre oposição e base do governo. Ao começar a ler o texto de 126 páginas, o senador pediu para que os microfones do plenário fossem desligados. Ainda assim, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) falou, alto, que "há um jogo de cartas marcadas" no Senado.

O relatório foi lido sem intervenções por parte dos demais senadores. Na conclusão do texto, Anastasia considerou que há "indícios suficientes de autoria e materialidade" de "fatos criminosos". "Há plausibilidade na denúncia e atendimento aos pressupostos formais, restando, portanto, atendidos os requisitos exigidos pela lei para que a denunciada responda ao processo de impeachment com base na tipificação submetida e admitida pela Câmara dos Deputados", escreveu.