21°
Máx
17°
Min

André Esteves diz em nota que relação com Cunha foi 'institucional e regular'

A assessoria de imprensa de André Esteves emitiu nota nesta terça-feira, 15, negando uma relação próxima entre o banqueiro e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Em delação premiada homologada hoje pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Delcídio Amaral (PT-MS) chamou Cunha de "menino de recados" de Esteves em assuntos de interesse do Banco BTG, "especialmente no que tange a emendas às Medidas Provisórias que tramitam no Congresso".

"Acerca da afirmação de que o deputado Eduardo Cunha era garoto de recados, a relação de André Esteves com o presidente da Câmara sempre se deu de forma institucional e regular", informou a assessoria do banqueiro por meio de nota.

O BTG Pactual negou, também por meio de nota, que seja mantenedor do Instituto Lula ou que tenha pressionado por Medidas Provisórias, como acusou Delcídio na delação.

Mais cedo, Cunha minimizou a citação a seu nome da delação do senador petista. "Tem coisa muito mais grave nisso aí (delação) para vocês se preocuparem", respondeu, ao chegar à tarde em seu gabinete.

Também citados na delação do senador Delcídio, a Agência Nacional de Saúde (ANS) informou que não irá se posicionar a respeito.