22°
Máx
16°
Min

Ao coro de Roberto Carlos, vereador recém-solto da prisão é homenageado em sessão da Câmara

Após ser solto no último domingo (9), o vereador José Carlos Neves da Silva (PMN) foi recepcionado com uma homenagem de assessores e amigos, que estavam no plenário para acompanhar a sessão, na manhã desta terça-feira (11), na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu.

Nas imagens, os presentes cantam a música “Amigo”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Em coro, eles dizem: “Você meu amigo de fé meu irmão camarada/Sorriso e abraço festivo da minha chegada/Você que me diz as verdades com frases abertas/ Amigo você é o mais certo das horas incertas/Não preciso nem dizer/Tudo isso que eu lhe digo, mas é muito bom saber, que você é meu amigo". Assista ao vídeo acima.

Zé Carlos foi solto na tarde do último domingo (9), da Cadeia Pública Laudemir Neves. A liberdade foi concedida pela Vara de Execuções Penais. O parlamentar estava preso desde o último dia 2 de setembro.

Ele foi condenado por peculato pela 1ª Seção da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) em determinação assinada por José Maurício Pinto de Almeida.

O Judiciário decidiu pela progressão de pena para o regime semiaberto. Já que a cidade não tem estrutura para abrigar presos condenados nesse regime, José Carlos recebeu uma tornozeleira eletrônica, que permite o monitoramento em casa.

As investigações começaram em 2012, quando a 6ª Promotoria de Justiça de Foz do Iguaçu apresentou denúncia contra ele e um assessor, gerando ação por improbidade administrativa. À época, Silva era presidente da Casa.

Conforme o Ministério Público (MP), o vereador realizou contratação simulada do assessor, que teria recebido salário sem trabalhar e repassado parte dos vencimentos de volta a Silva. Os desvios somam R$ 115 mil. O assessor trabalhou entre fevereiro de 2009 e outubro de 2010.

Zé Carlos concorria à reeleição, mas não conseguiu votos suficientes para seguir mais quatro anos no Legislativo municipal.

Colaboração do vídeo: Jornal Novo Tempo Foz.