27°
Máx
13°
Min

Após adiar encontro com Dilma, Renan viaja ao Rio com Temer

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), adiou um encontro com a presidente afastada, Dilma Rousseff, para viajar ao Rio de Janeiro no início da tarde desta quinta-feira, 18, com o presidente em exercício, Michel Temer, a exatamente uma semana do início do julgamento do processo de impeachment de Dilma.

Temer vai ao Rio a fim de fazer um balanço dos Jogos Olímpicos. Vão participar desse encontro os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Leonardo Picciani (Esportes) e Alexandre de Moraes (Justiça).

Inicialmente, estava previsto um encontro de Renan a Dilma no Palácio do Alvorada nesta quinta-feira, quando discutiriam detalhes da participação da presidente afastada durante o julgamento. A petista vai ao Senado no dia 29 fazer sua defesa pessoalmente.

Em mais um sinal de aproximação com Temer, Renan atuou pessoalmente para impedir a primeira derrota do governo interino em uma votação no Senado na quarta-feira, 17. Ele decidiu suspender, por falta de votos suficientes para garantir a aprovação, a apreciação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que recria a Desvinculação de Receitas da União (DRU). A retomada da votação da PEC deverá ocorrer na próxima terça-feira, 23.