22°
Máx
17°
Min

Após invasão do MTST, ministro promete retomada do MCMV Entidades

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, prometeu publicar, até o fim da próxima semana, as portarias que devem retomar as contratações da modalidade Entidades do Minha Casa Minha Vida.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 2, durante entrevista coletiva na qual Araújo expôs a "herança maldita" em que encontrou o ministério. Ontem, um grupo de manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) invadiu a sede da Presidência da República, em São Paulo, para manifestar contra a suspensão das contratações do programa de habitação popular.

Segundo o ministro, com a publicação das portarias com a lista das entidades que poderão contratar com a Caixa, devem ser retomadas as contratações de mais de 10 mil unidades do programa. Ao todo, 13,9 mil unidades da modalidade entidades, segundo o ministério, estão em fase de contratação. Na modalidade rural do programa, outras 18,9 mil unidades também estão sendo contratadas.

O órgão diz que o texto das portarias que vão ser publicadas vai trazer "aprimoramentos" para garantir mais agilidade e segurança na liberação do crédito. Uma exigência que será colocada é que, para serem selecionadas para as novas contratações, as entidades deverão estar em dia com todas as fases de uma eventual contratação anterior, para garantir melhor "desempenho técnico das entidades". No MCMV rural, também haverá uma nova portaria, com mudanças para deixar de priorizar algumas entidades, segundo o ministro.