21°
Máx
17°
Min

Após ser solto por equívoco, ex-presidente do PSDB-MG é internado

Após ser solto por equívoco de "órgãos de segurança", o ex-presidente do PSDB de Minas Gerais Nárcio Rodrigues permanece internado em um hospital da capital, conforme afirmou o advogado do tucano, Estevão Melo. Ele foi solto na sexta-feira da semana passada, após ter ficado preso por quase três meses suspeito de desvio de recursos na construção de um centro de pesquisa, em Frutal (MG). A estimativa é de que o esquema desviou cerca de R$ 14 milhões dos cofres públicos. Liberado da Penitenciária Nelson Hungria, por erro, no dia 19, Nárcio foi para casa e, no dia 20, ainda segundo o advogado, foi submetido a exames por problemas na coluna.

Ele foi solto quatro dias depois da decisão em relação a um primeiro habeas corpus. Nárcio deveria continuar preso, pois havia um mandado de prisão contra ele. Apesar de o Tribunal de Justiça negar um segundo habeas corpus a Nárcio, o STJ concedeu benefício ao tucano. O Ministério Público em Minas Gerais, no entanto, informou que pediu à Justiça a manutenção da prisão do ex-secretário. Melo afirmou que, percebido o "equívoco", entrou com pedido de reencarceramento de seu cliente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.