23°
Máx
12°
Min

Após visita a Pezão no Rio, Temer deixa hospital sem falar com a imprensa

(Foto: Anderson Riedel/ VPR) - Após visita a Pezão no Rio, Temer deixa hospital sem falar com a imprensa
(Foto: Anderson Riedel/ VPR)

Ao deixar o hospital Pró Cardíaco, onde visitou o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), o vice presidente Michel Temer disse ter ficado "agradavelmente surpreendido com a disposição do governador".

Em rápida declaração gravada por sua assessoria, o presidente do PMDB afirmou: "Imaginava que fosse vê-lo caído, abatido, mas estava com uma disposição extraordinária, a fisionomia tranquila. Certamente está bem atendido aqui. Se Deus quiser logo estará no palácio despachando rotineiramente".

A visita durou meia hora e Temer deixou o hospital às 14h10 sem dar entrevistas. Pezão está internado desde o dia 12. Os médicos investigam a causa de uma infecção e de lesão constatada na oitava vértebra. O resultado de uma biópsia é aguardado para esta quinta-feira, 23.

Temer estava acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa e do PMDB-RJ, Jorge Picciani, e do líder do governo da Assembleia, Edson Albertassi (PMDB).

Pessoas que passaram em frente ao hospital gritaram hostilidades ao governador ao perceberem a movimentação da imprensa. O morador de um prédio localizado ao lado do hospital exibiu uma bandeira do PT na janela.