28°
Máx
17°
Min

Ativistas distribuem pão com mortadela a deputados

Ativistas contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff alojaram-se em uma das entradas da Câmara dos Deputados e estão oferecendo pão com mortadela aos parlamentares. Diante da polarização política no País, convencionou-se relacionar mortadela aos apoiadores do governo e coxinha aos defensores do impeachment.

De acordo com Bia Barbosa, do coletivo Intervozes, que defende a democratização da mídia, os ativistas integram o Comitê Pró-Democracia, composto também por servidores da Câmara. Eles chegaram às 14h e pretendiam acompanhar a sessão dentro do plenário, como em outras ocasiões, mas foram impedidos.

Nos corredores, eles oferecem os sanduíches aos parlamentares. Um dos deputados abordados foi Mendonça Filho (DEM-PE), favorável ao impeachment, que recusou a oferta. "Gosto de coxinha", afirmou.

Os ativistas compraram apenas 20 pães, mas, nem por isso os deputados passarão fome na noite desta sexta, 8. O presidente da comissão, deputado Rogério Rosso (PSD-DF), mandou um funcionário comprar pães, queijo e manteiga. O plenário onde ocorre a sessão já não estava lotado por volta das 21h15. Alguns parlamentares estão indo em casa para jantar ou saindo em grupos para restaurantes que costumam frequentar às terças e quartas-feiras.

O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), distribuiu latas de bebidas energéticas aos assessores da comissão que passarão a madrugada em claro.