26°
Máx
19°
Min

Câmara de Ponta Grossa precisa de adaptações para receber Felipe Passos

Felipe Passos tem 26 anos e foi o candidato a vereador com o segundo maior número de votos em Ponta Grossa. Nos próximos quatro anos, a Câmara Municipal de Ponta Grossa será seu local de trabalho – um prédio construído na década de 80 e que nunca havia recebido um vereador portador de deficiência física. A questão que fica é se o novo parlamentar terá acessibilidade dentro do prédio do Legislativo Municipal.

Caso Felipe seja um dos membros da Mesa Executiva, por exemplo, terá dificuldades em assumir sua vaga – o acesso à mesa se dá apenas por escadas e não há qualquer tipo de rampa no local.

O atual presidente da Câmara e vereador reeleito, Sebastião Mainardes, garante que até janeiro do ano que vem o espaço terá adaptações para que Felipe e outros cadeirantes possam ter livre acesso ao prédio. “Faremos uma licitação para que seja feito um projeto de reforma e readequação, isso já está em andamento e imediatamente vamos colocar em prática”, garante o parlamentar.

Colaboração William Batista / Rede Massa.